Ativo 4.png

Cromai Daninhas

O manejo digital estratégico possibilita a otimização do processo operacional e economia com herbicidas por meio da redução do uso de defensivos agrícolas, a partir de pulverizações localizadas.

Ativo 9.png
Ativo 10.png

Tomada de decisão baseada em dados de infestação.

Ativo 9.png
Ativo 11.png

Otimização do processo operacional de manejo.

Ativo 9.png
Ativo 12.png

Economia com herbicidas a partir de pulverização localizada.

Ativo 3.png

1. Imageamento

Etapa composta pela realização de voos sobre as áreas de interesse com drone multirotor ou vant de asa fixa e posterior geração de ortomosaicos com as imagens aéreas capturadas.

Nessa etapa, os clientes podem contar com o apoio da Cromai para adequação dos parâmetros de voo, de acordo com o modelo de drone que possuem, a fim de capturar imagens de boa qualidade para o
processamento .

ativo5.png

2. Processamento

Posterior ao imageamento, essa etapa consiste no processamento dos ortomosaicos por meio do software Cromai Scan, que interpreta a área e gera mapas de infestação geolocalizada.

 

O resultado é entregue em grupos de daninhas (folha larga e folha estreita), visando um melhor direcionamento do manejo na etapa operacional.

3. Operacional

Etapa final em que o manejo é realizado de acordo com os mapas gerados pelo Cromai Scan e implementados em estruturas de pulverização terrestre ou aérea.

Além de controlar as plantas invasoras é possível comprovar a otimização dos processos, economia de defensivos agrícolas e viabilidade de implementação da ferramenta por meio do cálculo de retorno sobre investimento.

Quer saber
mais?

No vídeo ao lado, explicamos visualmente todas as etapas da nossa solução para daninhas.

1.png

Pré-Plantio

Nesta etapa é possível utilizar o histórico de dados e de infestação a partir de mapeamentos prévios como fonte de direcionamento para realizar uma aplicação

pré emergente mais efetiva

2.png

Quebra lombo

A operação de quebra lombo já visa a remoção das daninhas através da própria operação,
retirando-as com a passada da máquina. Porém, sabemos que apesar do manejo físico também é utilizada essa passada para se realizar trativas químicas em conjunto, visando atingir as daninhas que estejam na mesma linha da cana.

3.png

2º e 3º

aplicação

Neste período é crucial que você tenha disponível a ferramenta da Cromai para uso. Fase onde se demonstram as principais economias financeiras e quando verificamos grande otimização operacional, ponto muito importante a se considerar nas épocas de chuvas.

4.png

Pré-colheita

Um único minuto a mais com a frente de colheita parada em campo pode significar uma elevação nos custos. Assim, realizar as tratativas nos principais focos de infestação, antes desta operação, auxilia muito. Com o Cromai Scan é possível realizar a identificação das daninhas mesmo quando o dossel já está fechado.